AVALIAÇÃO DE FERTILIZANTES NITROGENADOS DE LIBERAÇÃO LENTA EM ÁREA DE PASTAGEM POR MEIO DE TÉCNICA DE CLASSIFICAÇÃO SUPERVISIONADA DE IMAGENS DIGITAIS

Lavínia Aris de Souza Costa, Eduardo Bucsan Emrich, Maytê Maria Abreu Pires de Melo Silva, Adley Camargo Ziviani, Douglas Ramos Silva Guelfi

Resumo


A Brachiaria brizantha é responsável pela maior parte do mercado de sementes e pelo incremento na produtividade animal. O fornecimento adequado de nitrogênio (N) está diretamente relacionado à produtividade destas plantas, sendo necessário que seja avaliado o estado nutricional das plantas e a demanda real de aplicação de fertilizantes. O principal fertilizante para este fim é a ureia, que está sujeito a perdas por volatilização e lixiviação. Para reduzir estas perdas é possível o uso de fertilizantes de liberação lenta ou controlada, que proporcionam melhor ajuste da disponibilidade à demanda dos nutrientes. Para dosar a quantidade de nitrogênio presente nas plantas é possível realizar a classificação da coloração das folhas, bem como da cobertura vegetativa da forrageira é por meio de câmeras fotográficas digitais. Neste trabalho tem-se como objetivo comparar o desenvolvimento vegetativo de área de pastagem com ureia, revestida ou não, em diferentes doses, por meio de imagens digitais. Utilizou-se delineamento experimental em DBC, fatorial 2x5, sendo duas fontes e cinco doses de N, 0; 100; 150, 200 e 250 kg ha-1, em três blocos. Foram realizadas capturadas imagens digitais sendo determinados três padrões de coloração da área. Avaliou-se, também, número de perfilhos (NP), a massa fresca (MF), a altura das plantas (H) a e massa seca da parte aérea (MS). Não foram observadas diferenças significativas das fontes nas características morfológicas avaliadas, apenas das doses. Foi possível identificar diferenças significativas nas áreas de cobertura, tanto em relação às fontes, quanto às doses testadas por meio da análise de fotografias. 


Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, A. C.; FONSECA, D. M.; QUEIROZ, D. S.; SALGADO, L. T.; CECON, P. R. Adubação nitrogenada e potássica em capim-elefante (pennisetum purpureum schum. cv. napier). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, p. 1643-1651, n. 5, dez. 2003.

BASSO, K. C. et al. Avaliação de acessos de Brachiaria brizantha Stapf e

estimativas de parâmetros genéticos para caracteres agronômicos. Acta Scientiarum Agronomy, Maringá, v. 31, n. 1, p. 17-22, 2009.

BONFIM-DA-SILVA, E.M.; MONTEIRO, F.A. Nitrogênio e enxofre em

características produtivas do capim-braquiária proveniente de área de pastagem

em degradação. Rev. Bras. Zootec., v.35, p.1289-1297, 2006.

CIVARDI, E. A.; NETO, A. N. S.; RAGAGNIN, V. A.; GODOY, E. R.; BROD, E. Ureia de liberação lenta aplicada superficialmente e ureia comum incorporada ao solo no rendimento do milho. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, GO, v. 41, n. 1, p. 52-59, jan./mar. 2011.

FAGUNDES, J. L., FONSECA, D. D., GOMIDE, J. A., NASCIMENTO JÚNIOR, D.

D., VITOR, C. M. T., MORAIS, R. D., ... & MARTUSCELLO, J. A. Acúmulo de

forragem em pastos de Brachiaria decumbens adubados com nitrogênio. Pesquisa

Agropecuária Brasileira, v.40, n.4, p.397-403, 2005.

FAGUNDES, J.L.; FONSECA, D.M.; MORAIS, R.V. et al. Avaliação das

características estruturais do capim-braquiária em pastagens adubadas com

nitrogênio nas quatro estações do ano. Rev. Bras. Zootec., v.35, p.30-37, 2006.

FAO. FAOSTAT/Resources/Fertilizer. Disponível em:

.

Acesso em: 10 jun. 2016.

FERREIRA, M. E.; ANDRADE, L. R. M.; SANO, E. E.; CARVALHO, A. M.;

JUNQUEIRA N. T. V. Uso de imagens digitais na avaliação da cobertura do solo.

Boletim de pesquisa e desenvolvimento – EMBRAPA CERRADOS: Planaltina-DF,

50 p.

GOMES, L.A.A.; SILVA, E.C. da; FAQUIN, V. Recomendações de adubação para

cultivos em ambiente protegido. In: RIBEIRO, A.C.; GUIMARÃES, P.T.G.;

ALVAREZ, V.H. (Ed.). Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes em

Minas Gerais: 5a aproximação. Viçosa - MG: UFV, 1999. p.99-110.

LADHA, J. K. et al. Efficiency of fertilizer nitrogen in cereal production:

retrospects and prospects. Advances in Agronomy, v. 87, n. 05, p. 85–156, out. 2005.

R DEVELOPMENT CORE TEAM. R: a language and environment for statistical

computing. Vienna: R Foundation for Statistical Computing, 2010.

SHAVIV, A. Controlled release fertilizers. In: INTERNATIONAL WORKSHOP ON ENHANCED-EFFICIENCY FERTILIZERS, 1., 2005, Frankfurt. Proceedings. Paris: International Fertilizer Industry Association, 2005. p. 13.

TRENKEL, M. Slow- and Controlled-Release and Stabilized Fertilizers: An Option

for Enhancing Nutrient Efficiency in Agriculture. 2. ed. Paris: International Fertilizer

Industry Association, 2010. p. 163.

TEDESCO, M. . et al. Análise de solo, plantas e outros materiais. 2. ed. Porto Alegre:

Departamento de Solos, UFRGS, p. 174, 1995.

WERNER, J. C.; Adubação de pastagens. Instituto de Zootecnia: Nova Odessa, 49 p.

(Boletim Técnico, 18), 1986.

ZIVIANI, A. C. et al. Arranjos espaciais de feijoeiro de portes contrastantes e seus efeitos na produtividade e cobertura vegetativa. Bioscience Journal, v.25, n. 2, p. 1-9, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Abbreviated key title:   An. Semin. Pesqui. Inov. Tecnol.