BIOEXTRATO DE TIRIRICA NO ENRAIZAMENTO E DESENVOLVIMENTO INICIAL DE AMOREIRA-PRETA

Josef Gastl Filho, Vinícius de Carvalho, Arthur Silva Rezende, Antonio Maximiano Mascarenhas de Almeida, Vania Alves Nascimento, Leila Leal da Silva Bonetti

Resumo


A produção de mudas de amoreira-preta (Morus spp.) via sementes é inviável. O seu cultivo por meio de propagação vegetativa, pelo emprego de reguladores vegetais ou de bioextratos naturais para promoção do enraizamento de estacas tem sido objeto de interesse, principalmente da agricultura familiar. Assim, o presente trabalho objetivou avaliar o comportamento de enraizamento e do desenvolvimento de estacas amoreira-preta submetidas à diferentes concentrações de bioextrato de tiririca (Cyperus rotundus L.). Foram confeccionadas estacas lenhosas de 14 cm de comprimento, cujo diâmetro esteve entre 0,5 a 1,0 cm sendo cortadas retas 0,5 cm abaixo da primeira gema e cortadas em bisel no ápice. As estacas foram imersas 0,7 cm da parte basal, por 10 minutos, em bioextrato de tiririca nas seguintes concentrações: 0; 20; 40; 60; 80 e 100%. O experimento foi conduzido em condições de casa de vegetação. Procedeu-se à avaliação, aos 40 dias, do número de folhas, comprimento do maior ramo, nível de enraizamento, massa fresca e seca da parte aérea e de raiz e porcentagem de mudas viáveis. A aplicação exógena de bioextrato de tiririca proporcionou bons resultados na maioria dos parâmetros avaliados quando observada a curva de crescimento linear. As concentrações empregadas que melhoraram o desempenho foram as de 80 e 100%. Por conta da variação existente entre uma concentração e outra sugere-se o estudo do enraizamento a nível bioquímico.

Palavras-chave


Estaquia; Propagação vegetativa; Fitormônios; Morus spp.; Cyperus rotundus L.

Texto completo:

PDF

Referências


BATISTA, J. A.; BOTREL, P. P.; FIGUEIREDO, F. C. Efeito do Extrato de Tiririca e Bioestimulante no Enraizamento de Estacas de Hyptis marrubioides Epl.. Revista Agrogeoambiental, Pouso Alegre, v. 7, n. 2, p. 91-99, jun. 2015.

BOLZAN, F. H. C. Estudo do efeito alelopático e de identificação de compostos presentes na tiririca (Cyperus rotundus L.). Relatório Técnico de Pesquisa. Lavras: UFLA/FAPEMIG, 2003.

CAMPAGNOLO, M. A.; PIO, R.. Rooting of stems and root cutting of blackberry cultivars collected in different times, cold storage and treatment with IBA. Ciência Rural, Santa Maria, v. 42, n. 2, p.232-237, fev. 2012.

DIAS, J. R. M.; SILVA, E. D’. da; GONÇALVES, G. S.; SILVA, J. F. da; SOUZA, E. F. M. de; FERREIRA, E.; STACHIW, R.. Enraizamento de estacas de cafeeiro imersas em extrato aquoso de tiririca. Coffee Science, Lavras, v. 7, n. 3, p.259-266, 2012.

FARIA, A. P.; ROBERTO, S. R.; SATO, A. J.; RODRIGUES, E. B.; SILVA, J. V. da; SACHS, P. J. D.; CAMOLESI, M. R.; UNEMOTO, L. K.. Enraizamento de estacas semilenhosas do porta-enxerto de videira ‘IAC572-Jales’ tratadas com diferentes concentrações de ácido indolbutírico. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 28, n. 3, p.393-398, 2007.

FANTI, F. P. Aplicação de extratos de folhas e de tubérculos de Cyperus rotundus L. (Cyperaceae) e de auxinas sintéticas na estaquia caulinar de Duranta repens L. (Verbenaceae). 2008. 69 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Botânica, área de Concentração Estrutura e Fisiologia do Desenvolvimento Vegetal, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2008.

FERREIRA, B.Z.; TROJAN, D. G.. Hormônios de plantas: uma prospecção sobre suas descobertas e aplicações. Revista TechnoEng, Ponta Grossa, 1:1-48, 2015.

GUSMAN, G. S.; YAMAGUSHI, M. Q.; VESTENA, S.. Potencial alelopático de extratos aquosos de Bidens pilosa L., Cyperus rotundus L. e Euphorbia heterophylla L. Iheringia: Série Botânica, Porto Alegre, v. 66, n. 1, p.87-98, 2011.

HARTMANN, H. T.; KESTER, D. E.; DAVIES JUNIOR, F. T.; GENEVE, R. L. Plant propagation: principles and pratices. 7. ed. New Jersey: Prentice–Hall, 2002. 880p.

KOEFENDER, J.; SCHOFFEL, A.; CAMERA, J. N.; BORTOLOTTO, R. P.; PEREIRA, A. P.; GOLLE, D. P.; HORN, R. C.. Concentração de extrato de tiririca e tempo de imersão no enraizamento de estacas de fisális. Holos, Natal, v. 5, n. 33, p.17-26, 2017.

LAJÚS, C.R.; SOBRAL, L. S.; BELOTTI, A. S. L.; SANTOS, S. R. F. dos; KUNST, T.. Ácido Indolbutírico no Enraizamento de Estacas Lenhosas de Figueira (Ficus carica L.). Revista Brasileira de Biociências, Porto Alegre, v. 5, n. 2, p.1107-1109, 2007.

OKAMOTO, F.. PALHARINI, M. C. de A.; VIDAL, A. de A.; FUNA, C. H.; FURLANETO, F. de P. B.; MARTINS, A. N.; JERÔNIMO, E. M.. Physical and chemical characterization of fruits of mulberry cultivars from genus Morus. Boletim de Indústria Animal, Nova Odessa, v. 69, n. 2, p.123-128, 2012.

PAULUS, D.; VALMORBIDA, R.; TOFFOLI, E; PAULUS, E.. Propagação vegetativa de Aloysia triphylla (L'Hér.) Britton em função da concentração de AIB e do comprimento das estacas. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Campinas, v. 16, n. 1, p.25-31, 2014.

MENEGUIM, A. M.; LOVATO, L.; SILVA, R. Z. da; YAMAOKA, R. S.; NAGACHIMA, G. T.; PASINI, A. Influência de cultivares de amoreira Morus spp. sobre a produção e qualidade de casulos de bicho-da-seda, Bombyx mori L. (Lepidoptera: Bombycidae). Neotrop. entomol. vol.36 no.5 Londrina Sept./Oct. 2007.

REZENDE, F. P. F.; ZUFFELLATO-RIBAS, K. C.; KOEHLER, H. S.. Aplicação de extratos de folhas e tubérbulos de Cyperus rotundus L. e de auxinas sintéticas na estaquia caulinar de Duranta repens L.. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Campinas, v. 15, n. 4, p.639-645, 2013.

RODRIGUES, A. K. C. BORSATO, A. V. JORGE, M. H. A. BISPO, W. DURAN, F. DA S. ARRUDA, K. C. R.. Enraizamento de estacas de Cordia verbenacea DC. tratadas com Cyperus rotundus L.. 2010. SEMINÁRIO DE AGROECOLOGIA DE MATO GROSSO DO SUL, 3.; ENCONTRO DE PRODUTORES AGROECOLÓGICOS DE MS, 2010, Corumbá, MS. Construindo um futuro sustentável: anais. Dourados: Embrapa Agropecuária Oeste; Corumbá: Embrapa Pantanal; Campo Grande: Embrapa Gado de Corte, 2010.

SCARIOT, E.; BONOME, L. T. da S.; BITTENCOURT, H. V. H.; LIMA, C. S. M. Extrato aquoso de Cyperus rotundus no enraizamento de estacas lenhosas de Prunus persica cv. ‘Chimarrita’. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 16, n. 2, p.195-200, 2017.

SCHEREN, M. A.; RIBEIRO, V. M.; NOBREGA, L. H. P.. Efeito alelopático de Cyperus rotundus L. No desenvolvimento de plântulas de milho (Zea mays L). Revista Varia Scientia Agrária, Cascavel, v. 4, n. 1, p.105-116, 2014.

SILVA, A. B. da; MELLO, M. R. F. de; SENA, A. R. de;. Efeito do extrato de Cyperus rotundus L. no enraizamento de estacas de amoreira-preta. Revista CIENTEC, Recife, v. 8, n. 1, p.1-9, 2016.

SILVA, E. D. da; DUBBRSTEIN, D.; MIRANDA, I. A. A. M. de; DIAS, J. R. M.; SILVA, J. F. da. Crescimento de mudas de cafeeiro imersas em extrato de tiririca. In: simpósio de pesquisa dos cafés do brasil, 7., 2011, Araxá-MG. Anais... . Brasília: Embrapa - Café, 2011. p. 1 - 5.

SOUZA, M. F. de; PEREIRA, E. de O.; MARTINS, M. Q.; COELHO, R. I.; PEREIRA JUNIOR, O. dos S.. Efeito do extrato de Cyperus rotundus na rizogênese. Revista de Ciências Agrárias, Online, v. 35, n. 1, p.157-162, 2012.

TADEU, M. H.; PIO, R.; TIBERTI, A. S.. FIGUEIREDO, M. A.; SOUZA, F. B. M. Enraizamento de estacas caulinares e radiculares de Rubus fruticosus tratadas com AIB. Revista Ceres, Viçosa, v. 59, p.881-884, 2012.

VIGNOLO, G. K.; PICOLOTTO, L.; GONÇALVES, M. A.; PEREIRA, I. S.; ANTUNES, L. E. C. Presença de folhas no enraizamento de estacas de amoreira-preta. Ciência Rural, Santa Maria, v.44, p. 467-472, 2014.

YAMAMOTO, L. Y.; KOYAMA, R.; BORGES, W. F. S.; ANTUNES, L. E. C.; ASSIS, A. M.; ROBERTO, S. R.. Substratos no enraizamento de estacas herbáceas de amora-preta Xavante. Ciência Rural, Santa Maria, v. 43, p. 15-20, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Avaliação Qualis-Capes confirma a importância da revista científica do IFTM

A Revista Inova Ciência & Tecnologia / Innovative Science & Technology Journal (RICT/ISTJ), publicada pela EDITORA IFTM, é bem avaliada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Confira a classificação por áreas no Qualis-CAPES 2017:

ENSINOB3
EDUCAÇÃOB4
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMOB4
CIÊNCIAS AGRÁRIAS IB5
ENGENHARIAS I (Ciência da Computação)B5
CIÊNCIA DOS ALIMENTOSC

O Qualis 2017 é um conjunto de procedimentos utilizados pela CAPES para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação.

Atualmente, a Revista Inova Ciência & Tecnologia possui 6 indexadores:

Indexadores

Abbreviated key title         Rev. Inova Ciênc. Tecnol. (Online)