ESTUDO DE CASO: EFICIÊNCIA DE UMA ESTAÇÃO DE TRATEMENTO DE EFLUENTE DE EMPRESA DE RECICLAGEM DE GARRAFAS “PET”

Claudia Maria Tomas Melo, Juliana de Andrade e Silva

Resumo


Este estudo teve como objetivo avaliar parâmetros físico-químicos do efluente de cinco etapas  de uma  estação de tratamento (ETE) de indústria de reciclagem de garrafas pet e verificar a eficiência do tratamento realizado, mostrando a importância deste para o meio ambiente, além de comparar os parâmetros da etapa final com o que é estabelecido pela  Resolução do CONAMA N° 430 de 2011 Em relação aos parâmetros DQO e DBO, ao final do processo houve redução destes parâmetros de 56,49% e 58,53%, respectivamente. Embora os parâmetros avaliados não apresentem redução elevada (90 a 100%), verifica-se que apenas o parâmetro DBO não atende ao especificado na Resolução supracitada, que estabelece  remoção mínima de 60%. Através do teste em jarros com o efluente da entrada e saída da ETE verificou-se que não foi possível, através dos testes experimentais, com os quatro coagulantes em estudo, selecionar qual seria o mais eficiente para o tratamento deste tipo de efluente devido à heterogeneidade das amostras analisadas. 


Palavras-chave


Análises, CONAMA, flaiks

Texto completo:

PDF

Referências


ABIPLAST, 2014. Associação Brasileira de Plásticos. Jornal Folha de São Paulo. Disponível em: < http://www.folha.uol.com.br/mercado2015.html> Acesso em: 26/08/2015.

APHA / AWWA / WEF. Standard Methods for Examination of Water and Wastewater. 20ªed. Washington DC: American Public Health Association-American Water Works Association, 1998.

AQUINO, M.D.de.; SANTOS, A.B.de. Pós-tratamento de efluentes provenientes de reatores anaeróbios tratando esgotos sanitários por coagulantes naturais e não-naturais. Rev. Tecnol. Fortaleza, v. 28, n. 2, p. 178-190, dez. 2007

BELTRAME, L. T. C.; Caracterização do Efluente Têxtil e Proposta de Tratamento. Dissertação de Mestrado, Pós Graduação em Engenharia Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. 161 p., 2000.

BERTOLETTI, E. Estimativa da carga tóxica de efluentes industriais. Rev. Ambiente, Vol. 4, n. 1, 1990.

BONGIOVANI, M.C.; KONRADT-MORAES, L.C.; BERGAMASCO, R.; LOURENÇO, B.S.S.; TAVARES, C.R.G. Os benefícios da utilização de coagulantes naturais para a obtenção de água potável. Acta Scientiarum. Technology, Maringá, v. 32, n. 2 p. 167-170, 2010

CASALLI, J. D. Tratamento do efluente de uma recicladora de plásticos utilizando coagulante não metálico e compostagem. Santa Maria: UFRGS,. 146 p. Dissertação, 2011.

CETESB – São Paulo. Avaliação da toxicidade de despejos industriais na região da Grande São Paulo. São Paulo. 1987. 92p.

CORAL, L.A.; BERGAMASCO, R.; BASSETTI, F.J. Estudo da Viabilidade de Utilização do Polímero Natural (TANFLOC) em Substituição ao Sulfato de Alumínio no Tratamento de Águas para Consumo. Key elements for a sustainable world: energy, water and climate change, São Paulo, Brazil, May, 20th-22nd – 2009 2nd International Workshop | Advances in Cleaner Production

EDLINGER, A.R.; SALVADOR, J.; MATTEI, D.; ASSUNÇÃO, M.G.; BETTIOL, V.R. Caracterização de efluente de Indústria Metalúrgica e proposta de tratamento. III Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental Goiânia/GO, 1/2012.

MACEDO, J.A.B. Métodos laboratoriais de Análises Físico-Químicas e Microbiológicas 2ª edição, Belo Horizonte, 2003, 450p.

MIERZWA, J.C. O Uso racional e o reúso como ferramentas para o gerenciamento de águas e efluentes na indústria. Estudo de caso da Kodak brasileira. Tese de Doutorado. Departamento de Engenharia Hidráulica e Sanitária. Escola Politécnica de São Paulo, 2002.

PAVANELLI, G. Eficiência de diferentes tipos de coagulantes na coagulação, floculação e sedimentação de água com cor ou turbidez elevada. Dissertação de mestrado. Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, 2001.

PINHEIRO, Lana. Lixo que vira lucro. Revista: Isto é Dinheiro. 2007. Disponível em:

http://www.terra.com. br / istoedinheiro/498/negocios/ lixo_que_vira _lucro.htm.> Acesso em: 21 de jul de 2009.

RÔLA, A.K.K.; CASTRO de, G.M.; SANTANA, H.F.; SOUZA de, J.J.L.L.; SILVA, D.J. Avaliação da eficiência de coagulantes comerciais para aplicação em sistemas de tratamento de água. Journal of Chemical Engineering and Chemistry - JCEC Revista de Engenharia Química e Química - REQ2 ISSN: 2446-9416 Vol. 02 N. 03, p.014–033, 2016 doi: https://doi.org/10.18540/2446941602032016014

ROLIM, A.M. A reciclagem de resíduos plásticos pós-consumo em oito empresas do Rio Grande do Sul. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Administração da Escola de Administração. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2000.

SCHOENHALS, M. Avaliação da eficiência do processo de flotação aplicado ao tratamento primário de efluentes de abatedouro avícola. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Florianópolis, SC, 87 f, 2006.

SILVA, M. E. R. da.; AQUINO, M. D. de.; SANTOS, A. B. dos. Pós-tratamento de efluentes provenientes de reatores anaeróbios tratando esgotos sanitários por coagulantes naturais e não-naturais. Rev. Tecnologia (UNIFOR), Fortaleza, v. 28, n. 2, p. 178-190, dez. 2007.

STRÖHER, A. P.; COUTO JUNIOR, O.M.; MENEZES DE, M.L. ; BERGAMASCO, R. ; PEREIRA, N.C.; Aplicação de moringa oleifera Lam no tratamento de efluente proveniente da lavagem de jeans. E-xacta, Belo Horizonte, v. 5, n. 1, p. 61-66. (2012). Editora UniBH.

VASYUKOVA, E.; TERRICHOVA, M.; AZEVEDO, J.; BRANDÃO, C.C.S.; UHL, W. Influence of Chitosan Coagulation on Disinfection By-Products Formation Potential. In: IWA World Water Congress, Montreal – Canada. Proccedings of IWA World Water Congress. Londres: IWA – International Water Association. 2010.

VAZ, L.G.L. KLEN, M.R.F.; VEIT, M.T.; da SILVA, E.A.; BARBEIRO, T.A.; BERGAMASCO, R. Avaliação da eficiência de diferentes agentes coagulantes na remoção de cor e turbidez em efluente de galvanoplastia. Eclet. Quím.[online]. 2010, vol.35, n.4, pp.45-54. ISSN 0100-4670. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-46702010000400006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Avaliação Qualis-Capes confirma a importância da revista científica do IFTM

A Revista Inova Ciência & Tecnologia / Innovative Science & Technology Journal (RICT/ISTJ), publicada pela EDITORA IFTM, é bem avaliada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Confira a classificação por áreas no Qualis-CAPES 2017:

ENSINOB3
EDUCAÇÃOB4
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMOB4
CIÊNCIAS AGRÁRIAS IB5
ENGENHARIAS I (Ciência da Computação)B5
CIÊNCIA DOS ALIMENTOSC

O Qualis 2017 é um conjunto de procedimentos utilizados pela CAPES para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação.

Atualmente, a Revista Inova Ciência & Tecnologia possui 6 indexadores:

Indexadores

Abbreviated key title         Rev. Inova Ciênc. Tecnol. (Online)