ACEITAÇÃO SENSORIAL DE PÃO DE FORMA A BASE DE FARINHA DE SORGO

Emiliano Nascimento Pereira, Davi Augusto de Lima Guimarães, Gislaine Fernandes, Luciene Alves, Juliana Carolina de Oliveira, Fernanda Barbosa Borges Jardim

Resumo


A cultura do tomate representa um dos maiores mercados agrícola brasileiro, sendo uma cultura exigente em tratos culturais adequados, principalmente aqueles voltados para a prática de irrigação. Neste trabalho, teve-se como objetivo avaliar o rendimento do tomate de mesa híbrido Andréa, as reposições da água de irrigação, a partir da determinação de lâminas ótimas (física e econômica). Os tratamentos constaram de cinco reposições de água no solo (70%, 100%, 130%, 160% e 190% da lâmina necessária para elevar a umidade à capacidade de campo). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro repetições. Foram determinadas a produtividade da cultura e as lâminas ótimas, física e econômica. As lâminas ótimas, física e econômica foram de 581,4 mm e 415 mm, apresentando produtividades de 72,64 t ha-1e 61,8 t ha-1, respectivamente.


Palavras-chave


Aceitação sensorial; Celíaco; Cereais; Panificação.

Texto completo:

PDF

Referências


BISPO, E. S . et al. Processamento, estabilidade e aceitabilidade de marinado de vongole (Anomalocardia brasiliana). Ciência e Tecnologia dos Alimentos, v. 24, n. 3, p. 353-6, 2004.

BRASIL. Ministério da Agricultura. Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB. Conjuntura Mensal. Jan. 2017 Disponível em: . Acesso em: 03 jun. 2017.

BRASIL. AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA - ANVISA. Resolução RDC ANVISA/MS nº 263, de 22 de setembro de 2005. Regulamento Técnico Para Produtos de Cereais, Amidos, Farinhas e Farelos. Diário Oficial da União, Brasília, DF, Seção 1, 23 set. 2005.

CAPRILES, V.; SANTOS, F.; REIS, E.; PEREIRA, C. Innovative approaches to improve nutritional and bioactive compounds of grain-based gluten-free products. In: LANGDON, R. (Ed.), Gluten-free Diets: Food Sources, Role in Celiac Disease and Health Benefits. New York: Nova Science Publishers, 2015. p. 67-116.

CHANAPAMOKKHOT, H.,THONGNGAM, M. The Chemical and Physico- Chemical Properties of Sorghum Starch and Flour. Natural Science, v. 41, p. 343 – 349, 2007.

CONCEIÇÃO, L. L.; QUEIROZ, V. A. V.; RODRIGUES, J. A. S.; PIROZI, M. R.; TARDIN, F. D.; DANTAS, M.I.S.; MARTINHO, H.S.D. Caracterização nutricional tecnológica de cultivares de sorgo (sorghun bicolor) destinadas a alimentação humana. In: CONGRESSO MINEIRO DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO, 2009, Ouro Preto. Anais... Ouro Preto: UFOP, 2009. v. 3.

FERREIRA, S. M. R.; LUPARELLI, P. C.; SCHIEFERDECKER, M. E.M.; VILELA, R. M. Cookies sem glúten a partir da farinha de sorgo. Archivos Latinoamericanos de Nutrición, v. 59 , n. 4, p. 433-441 2009.

INSTITUTO ADOLFO LUTZ – IAL. Métodos físico-químicos para análises de alimentos. 4. ed. São Paulo: IAL, 2008. 1020 p.

MARTINO, H. S. D.; CARDOSO, L. de M.; MORAES, E. A.; SANT'ANA, H. M. P.; QUEIROZ, V. A. V. Por que utilizar o sorgo na alimentação humana? In: KARAN, D.; MAGALHÃES, P. C. (Eds.). Eficiência nas cadeias produtivas e o abastecimento global. Sete Lagoas: Associação Brasileira de Milho e Sorgo, 2014. Cap. 11, p. 95-114.

MAY, A. et al. Cultivo de Sorgo Sacarino em Áreas de Reforma de Canaviais. Sete Lagoas: Embrapa, set. 2013. (Circular técnica). Disponível em: . Acesso em: 27 jun. 2017.

MEILGAARD, M.; CIVILLE, G. V.; CARR, B. T. Sensory Evaluation Techniques. 2. ed. Flórida: CRC Press, 1991. 354 p.

MORITA, N.; MAEDA, T.; MIYAZAKI, M; YAMAMORI, M.; MJURA, H.; OHTSUKA, I. Dough and baking properties of highamylose and waxy wheat flours. Cereal Chemistry. v. 79, p. 491-495, 2002.

NASCIMENTO, A. B. do; FIATES, G. M. R.; ANJOS, A. dos; TEIXEIRA, E. Gluten-free is not enough - perception and suggestions of celiac consumers. International Journal of Food Sciences and Nutrition, v. 65, n. 4, p. 394-398, 2014.

PEREIRA, B. S.; PEREIRA, B. S.; CARDOSO, E. S.; MENDONÇA, J. O. B.; SOUZA, L. B.; SANTOS, M. P.; ZAGO, L.; FREITAS, S. M. L. Análise físico-química e sensorial do pão de batata isento de glúten enriquecido com farinha de chia. Demetra, v. 8, n. 2, p. 125-136, 2013.

PHATTANAKULKAEWMORIE, N.; PASEEPHOL, T.; MOONGNGARM A. Chemical compositions and physico-chemical properties of malted sorghum flour and characteristics of gluten free bread World Academy of Science, Engineering and Technology, California, v. 5, p. 09-27, 2011. Disponível em: . Acesso em: 27 jun. 2017.

VÁZQUEZ-ARAÚJO, L.; CHAMBERS IV, E.; CHERDCHU, P. Consumer input for developing human food products made with sorghum grain. Journal of Food Science, v. 77, n. 10, p. S384-S389, 2012.

YOUSIF, A.; NHEPERA, D.; JOHSON, S. Influence of sorghum flour addition on flat bread in vitro starch digestibility, antioxidant capacity and consumer acceptability. Food Chemistry, v. 134, p. 880-887, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Avaliação Qualis-Capes confirma a importância da revista científica do IFTM

A Revista Inova Ciência & Tecnologia / Innovative Science & Technology Journal (RICT/ISTJ), publicada pela EDITORA IFTM, é bem avaliada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Confira a classificação por áreas no Qualis-CAPES 2017:

ENSINOB3
EDUCAÇÃOB4
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMOB4
CIÊNCIAS AGRÁRIAS IB5
ENGENHARIAS I (Ciência da Computação)B5
CIÊNCIA DOS ALIMENTOSC

O Qualis 2017 é um conjunto de procedimentos utilizados pela CAPES para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação.

Atualmente, a Revista Inova Ciência & Tecnologia possui 6 indexadores:

Indexadores

Abbreviated key title         Rev. Inova Ciênc. Tecnol. (Online)