PRODUTIVIDADE DE HIBRIDOS DE MILHO EM SISTEMA AGROSSILVIPASTOROIL DE TERCEIRO ANO COM EUCALIPTO

Autores

  • Luis Augusto Silva Domingues IFTM CAMPUS UBERLÂNDIA
  • Marcos Vinicius Siqueira de Souza IFTM Campus Uberlândia

Palavras-chave:

ILPF, Cerrado, Sistema Integrado

Resumo

O sistema Agrossilvipastoril ou Integração Lavoura Pecuária Floresta (iLPF) é uma alternativa viável de produção visando a  recuperação e a otimização de áreas pois  permite a combinação da agricultura, pecuária e a floresta. Contudo, se faz necessário conhecer como esses fatores se relacionam assim como a influência no meio produtivo. Desta forma, o objetivo do trabalho foi avaliar a influência do sombreamento do eucalipto no desenvolvimento de híbridos de milho em área de sistema agrossilvipastoril de terceiro ano. O experimento foi realizado no centro de estudo em Sistema Agrossilvipastoril, localizado no Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Triangulo Mineiro - IFTM, no município de Uberlândia – MG, no ano agrícola de 2018/2019. O delineamento experimental utilizado foi o em blocos ao acaso em esquema fatorial, 7 x 2, com quatro repetições, sendo sete híbridos de milho (P3OF35YYHR, IMPACTO VIP3, STATUS VIP3, AS1633 PRO3, AG7088 PRO3, P28866H e 711) e duas distâncias do milho em relação à linha da espécie florestal (0-3 metros e 3-6 metros). A espécie florestal utilizada foi o eucalipto, onde os blocos foram dispostos entre os renque com 15 metros. As variáveis analisadas foram: número de fileiras por espiga, número de grãos por fileira e produtividade em kg ha-1. Os resultados foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey com significância de 5 % de probabilidade. Não houve interação entre os híbridos de milho e as distâncias da linha de eucalipto. As características, número de fileiras por espiga, número de grãos por fileira e produtividade apresentaram efeito significativo para os híbridos utilizados.  Já em relação as distâncias verificou-se efeito significativo para as características, número de grãos por fileira e produtividade, independente do híbrido utilizado. As características número de grãos por fileira e produtividade apresentaram melhores médias quando presentes na distância de 3-6 metros da linha do eucalipto. Na distância de 0-3 metros a linha de eucalipto influencia diretamente nos componentes de produção e na produtividade dos grãos. O híbrido AG7088 PRO3 apresentou maior produtividade e número de grãos por fileira. Com o desenvolvimento da cultura do eucalipto, o milho apresenta menor incremento nas características de produção nas primeiras distâncias da linha do componente arbóreo, ocasionado pelo sombreamento da cultura.

Biografia do Autor

Luis Augusto Silva Domingues, IFTM CAMPUS UBERLÂNDIA

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, Campus Uberlândia (IFTM), onde tem desenvolvido trabalhos nas áreas de sistemas de integração, solos e fertilizantes nos cursos Técnico em Agropecuária e Agronomia. . Foi Bolsista CNPq de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Ext Junior - HAMK University of Applied Science na Finlândia, onde participou do Vocational Educational Trainning. Doutor em Agronomia pela Universidade Federal de Uberlândia e mestre em Fitotecnia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, onde cursou Graduação. Foi bolsista CAPES no Programa de Graduação Sanduíche na University of Arizona em Tucson EUA. Especialista em Gestão Agroindustrial pela Universidade Federal de Lavras. Cursou o ensino médio no IFG, técnico em Meio Ambiente. Experiência na área de produção de sementes de Milho na Monsanto do Brasil Ltda, onde trabalhou por 3,5 anos. Durante a formação acadêmica desenvolveu pesquisas nas áreas de Conservação de Solo e Água, integração agricultura pecuária, fertilidade do solo e nutrição de plantas e, avaliação de sistema radicular em culturas anuais, áreas que permanece desenvolvendo suas pesquisas. Professor do Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológoic

Downloads

Publicado

23/11/2020