OCORRÊNCIA DE ARTRÓPODES PREDADORES DO PSILÍDEO DA GOIABEIRA EM TABULEIRO DE RUSSAS/CEARÁ

Jailma Rodrigues dos Santos, Lucivânio Domingos da Silva, Augusto Koenig, Kalline Silveira Carneiro, Raimundo Ivan Remigio Silva, Maurício Sekiguchi de Godoy

Resumo


O psilídeo Triozoida limbata é praga-chave que ataca a goiabeira. Em alguns pomares tem sido observada a presença de inimigos naturais desse artrópode, como predadores, parasitoides e entomopatógenos. Objetivou-se verificar a ocorrência e identificação de predadores do psilídeo da goiabeira na região de Tabuleiro de Russas, Ceará. A presença e identificação de inimigos naturais foram realizadas em 20 plantas, aleatoriamente analisadas, em pomar de goiabeira comercial, entre março a junho de 2017. Coletou-se de cada planta duas folhas e dois ramos contendo ovos e ninfas de psilídeos, sendo realizada a contagem de ninfas no primeiro dia e a emergência de adultos durante 10 dias consecutivos em Laboratório Entomológico. Observou-se a presença de predadores nas amostras conduzidas ao laboratório, sendo os mesmos retirados e acondicionados em frascos com tampa contendo em seu interior álcool 70%, para posterior identificação. Os dados foram submetidos às análises de média pelo teste de Tukey (p > 0,05). Os meses março e junho apresentaram os maiores índices de adulto de psilídeo, com médias de 1,52 e 1,80, respectivamente, e de ninfas no mês de maio (277,55). Os predadores observados e coletados em campo englobavam insetos da família Chrysopidae e espécimes da classe Arachnida. Conclui-se que o maior ataque da praga às plantas do pomar com goiabeira ocorreu no mês de maio, com ninfas causando danos elevados pela sucção da seiva das plantas. Na região de Tabuleiro de Russas-CE, os inimigos naturais de T. limbata mais observados foram os crisopídeos, podendo apresentar grande potencial em programas de controle biológico.

 


Palavras-chave


Manejo integrado de pragas; Monitoramento; Psidium guajava.

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, F.R.; LIMA, M.F. A cultura da goiaba. 2. ed. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2010.

BARBOSA, F.R.; QUINTELA, E.D. Manual de identificação de artrópodes predadores. Brasília, DF: Embrapa, 2014.

COLOMBI, C.A.; GALLI, J.C. Dinâmica populacional e evolução de dano de Triozoida limbata (Hemiptera: Psillydae) em goiabeira, em Jaboticabal, SP. Revista Ciência e Agrotecnologia, Lavras, MG, v. 33, n. 2, mar./ abr., 2009.

DALBERTO, F.M.S. et al. Flutuação populacional do psilídeo-da-goiabeira, Triozoida limbata (Hemiptera: Psyllidae) na região de Londrina, Pr. Semina Ciências Agrárias, Londrina, PR, v. 25, n. 2, p. 87-92, 2004.

DUARTE, R.T. et al. Dinâmica populacional de Triozoida limbata, Costalimaita ferruginea e inimigos naturais em pomar orgânico e convencional de goiaba. Revista Brasileira de fruticultura, Jaboticabal, SP, v. 34, n. 3, p. 727-733, 2012.

DUQUE, F.J.S. Espécies de crisopídeos (Neuroptera: Chrysopidae) da Venezuela. Jaboticabal, SP, 2011. Tese (Doutorado em Entomologia Agrícola) - Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias,UNESP, Campus de Jaboticabal, SP. São Paulo, 2011.

FIEDLER, Z.; SOSNOWSKA, D. Side effects of fungicides and insecticides on predatory mites, in laboratory conditions. Journal of Plant Protection Research, [S.l.], v. 54, p. 49-353, 2014.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Produção agrícola municipal: culturas temporárias e permanentes, Rio de Janeiro, v. 43, p. 1-62, 2016. Disponível em: Acesso em: 08. jul. 2018.

MARCELINO, M.C.S., BARBOSA, J.C. Spatial Distribution of Adults of Triozoida limbata (Enderlein) (Hemiptera: Triozidae) in Guava Plants. Neotropical Entomology, [S.l.], v. 45, n. 2, p. 123–128, 2015.

MOREIRA, M.D. Sistemas de tomada de deci¬são de controle para Triozoida sp. (Hemiptera: Sternorrhyncha: Psyllidae) em goiabeira. Viçosa, MG, 2005. 113 f. Tese( Doutorado)- Universidade Federal de Viçosa. Viçosa, MG, 2005.

MUNYANEZA, J. et al. Association of “Candidatus Liberibacter solanacearum” With the Psyllid, Trioza apicalis (Hemiptera: Triozidae) in Europe. Journal of Economic Entomology, [S.l.], v. 03, p. 1060-1070, 2010.

NDANKEU, Y.P.M et al. Biodiversity of jumping plant-lice of the Psyllidae family (Hemiptera: Psylloidea) from the South Region of Cameroon: faunistics, phenology and host plants. Journal of Entomology, [S.l.], v. 8, p. 123-138. 2011.

RISTERUCCI, A.M.; DUVAL, M.F.; ROHDE, W.; BILLOTE, N. Isolation and characterization of microsatellite loci from Psidium guajava L. Molecular Ecology Notes, Oxford, v. 5, p. 745-748, 2005.

SÁ, V.A.; FERNANDES, M.G. Spatial Distribution of Nymphs of Triozoida limbata Enderlein, 1918 (Hemiptera: Triozidae) in Guava Orchards. Journal of Agricultural Science, [S.l.], v. 7, p. 41-54, 2015.

SILVA, A.A.P. Estudo da viabilidade técnica e econômica do cultivo da goiabeira na agricultura familiar. Sete Lagoas, MG, 2015. 31 f. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal de São João Del Rei, 2015.

SOUZA FILHO, M.F.; COSTA, V.A. Manejo integrado de goiaba. In: ROZANE, D. E.; COUTO, F. A. Cultura da goiabeira: tecnologia e mercado. Viçosa, MG: UFV, 2003. p. 177-206.

SYSTAT SOFTWARE Inc – SSI. Sigmaplot for Windows, versão 11.0. 2006.

YANA, W.; TAMESSE, J.L.; BURCKHARDT, D. Jumping plant-lice of the family Psyllidae Latreille (Hemiptera: Psylloidea) from the Center region of Camerroon: faunistics, phenology and host plants. Journal of Entomology, [S.l.], v. 7, p. 1-18. 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Avaliação Qualis-Capes confirma a importância da revista científica do IFTM

A Revista Inova Ciência & Tecnologia / Innovative Science & Technology Journal (RICT/ISTJ), publicada pela EDITORA IFTM, é bem avaliada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Confira a classificação por áreas no Qualis-CAPES 2017:

ENSINOB3
EDUCAÇÃOB4
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMOB4
CIÊNCIAS AGRÁRIAS IB5
ENGENHARIAS IB5
CIÊNCIA DOS ALIMENTOSC

O Qualis 2017 é um conjunto de procedimentos utilizados pela CAPES para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação.

Atualmente, a Revista Inova Ciência & Tecnologia possui 6 indexadores:

Indexadores

Abbreviated key title         Rev. Inova Ciênc. Tecnol. (Online)