A ASSIMILAÇÃO DAS INFORMAÇÕES REPASSADAS POR CAMPANHAS SOBRE O Aedes aegypti E SUAS ARBOVIROSES EM CIRCULAÇÃO NO BRASIL, POR CRIANÇAS DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Maiane Mara dos Santos, Flavio Caldeira Silva, Josiane Nogueira Muller

Resumo


O Brasil vivencia a circulação de três importantes arboviroses transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, com consequências igualmente preocupantes para a Saúde Pública Nacional. Por isso, diferentes estratégias de controle do mosquito vêm sendo realizadas pelo Ministério da Saúde, especialmente campanhas educativas que buscam conscientizar a população sobre os riscos que trazem a proliferação deste vetor. Logo, as crianças são importante alvo de estudo, pois além de auxiliar na perpetuação das medidas de controle, são fundamentais para a escolha de ações que envolvam resultados em longo prazo. O objetivo deste trabalho é avaliar se as campanhas veiculadas surtem efeito na assimilação dos conhecimentos sobre o A. aegypti e as enfermidades a ele associadas. O estudo contemplou 160 alunos matriculados regularmente na rede publica de ensino, cursando do 6º ao 9º ano. Os questionários foram aplicados entre os meses de maio e junho de 2016, durante as intensas campanhas de combate ao vetor. Os resultados evidenciaram que apesar da maioria dos alunos responderem saber o que é Dengue, Zika e Chikungunya, existe uma associação errônea desta nomenclatura quanto a ser o mosquito, e não as doenças. A maioria ainda não assimilou informações como: muitos casos de infecção podem não apresentar sintomas e não existe um tratamento específico para essas doenças, dentre outras questões. Os resultados obtidos evidenciam a necessidade de adequação das campanhas, a fim de assegurar a compreensão efetiva e desambigua da população, especialmente as campanhas direcionadas a crianças e adolescentes, e com isto, alcançarmos a tão sonhada mudança de comportamento.

Palavras-chave


Dengue; Zika; Chikungunya; Ituiutaba-MG

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Avaliação Qualis-Capes confirma a importância da revista científica do IFTM

A Revista Inova Ciência & Tecnologia / Innovative Science & Technology Journal (RICT/ISTJ), publicada pela EDITORA IFTM, é bem avaliada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Confira a classificação por áreas no Qualis-CAPES 2017:

ENSINOB3
EDUCAÇÃOB4
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMOB4
CIÊNCIAS AGRÁRIAS IB5
ENGENHARIAS I (Ciência da Computação)B5
CIÊNCIA DOS ALIMENTOSC

O Qualis 2017 é um conjunto de procedimentos utilizados pela CAPES para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação.

Atualmente, a Revista Inova Ciência & Tecnologia possui 6 indexadores:

Indexadores

Abbreviated key title         Rev. Inova Ciênc. Tecnol. (Online)