VELOCIDADE DE INFILTRAÇÃO BÁSICA EM ÁREAS COM DIFERENTES USOS E MANEJOS

Bruna de souza Silveira, Rodrigo Paixão de Melo, Carlos Augusto Campos da Cruz, Simone Maria Marçal Gonçalves, Guilherme Alves de Melo, Heuler Hordones Chaves, Adelar José Fabian

Resumo


A infiltração de água no solo é o processo de entrada de água através da superfície do solo. O conhecimento da velocidade de infiltração básica da água no solo é de fundamental importância para definir técnicas de conservação do solo, planejar e delinear sistemas de irrigação e drenagem, bem como auxiliar na composição de uma imagem mais real da retenção da água e aeração no solo. O presente trabalho teve como objetivo determinar a curvas da velocidade de infiltração básica de água no solo pelo método de infiltrômetro de anel em um solo de pousio com soja perene com cinco anos de plantio e uma área de pousio com manobra de trator. O infiltrômetro de anel é um equipamento composto por dois anéis (50 e 25 cm de diâmetro e 30 cm de altura), que são instalados de forma concêntrica e enterrados a 15 cm. Pode-se concluir que o método de infiltrômetro de anel é simples e prático para determinação da velocidade de infiltração básica da água solo. O solo é caracterizado com textura franco-arenosa e sua VIB (velocidade de infiltração básica) na área de pousio com soja perene foi classificada como rápida (100 mm h-1) já a área de pousio com manobra foi classificado como moderado (28 mm h-1 ), indicando diferença nos manejos.

Palavras-chave


Manejo. Soja perene. Manobra de trator.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO FILHO, J. C.; RIBEIRO, M. R. Infiltração de água em Cambissolos do Baixio do Irecê (BA). Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, v.20, p.263-370, 1996.

BAVER, L.D.; GARDNER, W.H.; GARDNER, W.R. Soil physics. 4.ed. New York: John Wiley, 1972. 498p.

DAKER, A. A água na agricultura: irrigação e drenagem. 3.ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1970. v.3, 453p.

DICKERSON, B.P. Soil compactation after tree-length skidding in northern Mississipi. Soil Science Society of America. Journal, Madison, v.40, n.6, p.965-966, Nov./Dec. 1976

FABIAN, A. J. Roteiro de aulas práticas de morfologia do solo. 3ª ed. Universidade federal rural do Rio de Janeiro. RJ.1999

FERREIRA, M.M. Influência da mineralogia da fração argila nas propriedades físicas de latossolos brasileiros. Viçosa: UFV, 1988. 79p. Tese de Doutorado

REICHARDT, K. A água em sistemas agrícolas. São Paulo, Manole, 1987. 188 p

RESENDE, M.; CURI, N.; REZENDE, S.B.; CORRÊA, G.F. Pedologia: base para distinção de ambientes. 2.ed. Viçosa: NEPUT, 1997. 367p


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Abbreviated key title:   An. Semin. Pesqui. Inov. Tecnol.