VARIAÇÃO DA TEXTURA DO SOLO EM CULTIVO FLORESTAL CONSORCIADOS COM PASTAGEM

Daniel Pena Pereira, Luciene Santos de Oliveira, Dawson José Guimarães Faria, Ramon Vinicius de Almeida, Eduardo Henrique de Freitas Vieira, Mayara Cardoso do Prado

Resumo


Avanços da Agricultura, Silvicultura e Pecuária de Precisão é realidade no campo para os técnicos e produtores rurais, principalmente nas regiões de expansão da fronteira agrícola, que encontra no bioma do Cerrado solos mais arenosos. Objetivou-se mapear a variabilidade espacial e temporal da textura do solo, da fração areia total (AT), em sistema agrosilvipastoril. A área experimental situa-se no IFTM campus Uberaba. Os dados de textura foram obtidos em sistema agrosilvipastoril com macaúba, implantado desde 2015, sendo coletadas amostras de solo os anos 2015 (antes da implantação do sistema) e 2017 (após uma sucessão de culturas e operações). Foram demarcados os pontos de amostragem, com auxílio do GPS. Para análise e interpretação dos dados foi utilizado ambiente de sistema de informação geográfica (SIG) e para a confecção dos mapas utilizou-se o método de interpolação inverso da distância (IDW) elevada a uma potência. Observou-se variabilidade na textura da fração AT nas duas camadas avaliadas ao longo do tempo. Assim, é preciso considerar as variações espaciais de características do solo em termos de textura associada à cobertura vegetal e ao tipo de manejo, que também exercem importante papel na possível manutenção ou alteração da estabilidade temporal dessas características. Conclui-se que a área do sistema agrosilvipastoril apresentou grande variabilidade espacial e temporal da textura fração areia total condicionada pela diversidade de operações realizadas nos diferentes sistemas de manejo.

Palavras-chave


Acrocomia aculeata; física do solo; interpolação; Urochloa ruziziensis

Texto completo:

PDF

Referências


EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA (EMBRAPA). Centro Nacional de Pesquisa de Solos (Rio de Janeiro, RJ). Manual de métodos de análise de solo. 2.ed. Rio de Janeiro, 1997. 212 p. EMBRAPA CNPS. Documentos, 1.

MATIAS, SAMMY S. R.; CORREIA, M. A. R.; CAMARGO, L. A.; FARIAS, M. T.; CENTURION, J. F.; NÓBREGA, J. C. A. Influência de diferentes sistemas de cultivo nos atributos físicos e no carbono orgânico do solo. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 7, n. 3, 2012.

PASSOS, M.; DE MENDONÇA, V. Z.; PEREIRA, F. C. B. L.; ARF, M. V.; KAPPES, C.; DALCHIAVON, F. C. Produtividade de madeira do eucalipto correlacionada com atributos do solo visando ao mapeamento de zonas específicas de manejo. Ciência rural, 42, v. 10, p. 1797-1903, 2012.

REICHERT, J. M.; SUZUKI, L. E. A. S.; REINERT, D. J. Compactação do solo em sistemas agropecuários e florestais: identificação, efeitos, limites críticos e mitigação. In: CERRETA, C. A.; SILVA, L. S.; REICHERT, J. M. (Ed.). Tópicos em ciência do solo. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2007. v.5. p.49-134.

SILVA, I. F.; MIELNICZUK, J. Sistemas de cultivo e características do solo afetando a estabilidade de agregados. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.22, p.311-317, 1998.

TORMENA, C. A.; FIDALSKI, J. Homogeneidade da qualidade física do solo nas entrelinhas de um pomar de laranjeira com sistemas de manejo da vegetação. Revista Brasileira da Ciência do Solo, v.31, n. 3, p. 637-645, 2007.

VIEIRA, S. R.; GARCIA, M. A. G.; GONZÁLEZ, A. P.; SIQUEIRA, G. M. Variabilidade espacial e temporal do teor de água do solo sob duas formas de uso. Bragantia, v. 69, n. 1, 2010.

XAVIER, A. C.; CECÍLIO, R. A.; LIMA; J. S. S. Módulos em Matlab para interpolação espacial pelo método de krigagem ordinária e do inverso da distância. Revista Brasileira de Cartografia, Rio de Janeiro, v.62, n.1, p.67-76, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Abbreviated key title:   An. Semin. Pesqui. Inov. Tecnol.