UMA PROPOSTA DE INCLUSÃO PARA A REITORIA DO IFTM

Tânia Mara Souza Guimarães, Magali Aparecida Mendes de Queiroz, Elizeth Rezende Martins da Silveira

Resumo


Em 2017 o Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM) deu início a um curso de aperfeiçoamento denominado: Formação em Procedimentos Básicos para o Atendimento Educacional Especializado na Educação Profissional e Tecnológica (AEE). O curso, 100% à distância e carga horária total de 165 h/aula, foi aberto a toda Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. A presente proposta, apresentada como trabalho de conclusão do referido curso, destaca a importância da realização de estudos sobre as questões da inclusão, sobretudo quanto ao envolvimento, como alunos, de servidores da reitoria do IFTM. O olhar voltado a tais questões, no sentido de se apontarem caminhos que conduzam ao alcance de pessoas com necessidades específicas, que, ainda que não estudantes regularmente matriculados na instituição venham em busca de atendimento, já constitui-se, de fato, um grande avanço. Para além disso, quando se incluem pessoas com deficiência, recentemente aprovadas em concurso ou que, já fazendo parte da Instituição, em algum momento de suas vidas vieram necessitar de um atendimento especializado, é primordial que se discutam, se estudem e se estabeleçam formas diferentes de tratar a todos com igualdade. A busca por alternativas no estabelecimento de formas diferenciadas de tratamento, visando exatamente essa igualdade, propõe, portanto, que as ideias ora apresentadas sejam postas em andamento. Destaca-se aqui, como encontra-se intitulado, que o presente texto trata apenas de uma proposta e não de um trabalho já efetivo, muito embora algumas das ações nele apresentadas, de alguma forma, já estejam sendo praticadas.


Palavras-chave


Pessoas com deficiência; Servidores; Propostas para a Reitoria

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.