ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS DO FRUTO “IN NATURA” DA PUPUNHA

Claudia Maria Tomas Melo, Luciene Lacerda Costa, Flávia Correia Pereira, Leonardo M de Castro, Silverio Nepumoceno

Resumo


A pupunha (Bactris gasipaes Kunth) é uma palmeira nativa da Amazônia cujos frutos são consumidos pelos povos da região e atualmente tem se tornado uma alternativa viável para a produção de palmito. Os frutos da pupunheira apresentam forma, tamanho e cor variáveis, além de apresentar alto valor nutricional. Baseado na importância desta palmeira, e de seus frutos em diversas regiões do Brasil, este trabalho teve como objetivo avaliar alguns parâmetros físico-químicos do fruto da pupunha. Amostras de frutos da pupunha foram coletadas na área experimental do setor de Fruticultura do Instituto Federal do Triângulo Mineiro, sendo cada amostra obtida de um mix composto de quatro frutos provenientes da mesma árvore. Realizou-se a coleta em dez árvores, totalizando 40 frutos, com diferentes graus de maturação. Como uma unidade de amostra de análise, considerou-se 4 frutos. A composição centesimal e a acidez das amostras foram obtidas utilizando metodologia do Instituto Adolfo Lutz e verificou-se que os frutos apresentaram teor médio de proteínas de 3,96%, 4,11% de fibras, 75,18% de carboidratos, 391,86 Kcal/100g de fruto e alta acidez, 4,00 g de ácido cítrico por 100 g de polpa. A umidade, após processo de secagem em estufa de circulação de ar, foi de 6,62%, lipídios 1,91%, pH e brix, foram, respectivamente, 6,66 e 0,95°Brix.


Palavras-chave


Palmeira;composição química;nutrientes

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Avaliação Qualis-Capes confirma a importância da revista científica do IFTM

A Revista Inova Ciência & Tecnologia / Innovative Science & Technology Journal (RICT/ISTJ), publicada pela EDITORA IFTM, é bem avaliada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Confira a classificação por áreas no Qualis-CAPES 2017:

ENSINOB3
EDUCAÇÃOB4
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMOB4
CIÊNCIAS AGRÁRIAS IB5
ENGENHARIAS I (Ciência da Computação)B5
CIÊNCIA DOS ALIMENTOSC

O Qualis 2017 é um conjunto de procedimentos utilizados pela CAPES para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação.

Atualmente, a Revista Inova Ciência & Tecnologia possui 6 indexadores:

Indexadores

Abbreviated key title         Rev. Inova Ciênc. Tecnol. (Online)